O despertar - parte III

Depois de entender que aquilo que me atrai qualifica meu auto amor meu coração se aqueceu e esse ensinamento modificou todas as áreas da minha vida. Cada ato, cada escolha passou a levar dentro o termômetro “me traz vida ou me destrói?”. Também aprendi a me segurar dando crédito a minha própria luz. Achei que tinha zerado o jogo do despertar. Mas ele voltou. O SER antigo, agora em formato de criança, disse que tinha algo mais para ensinar.


Ele me perguntou:


- Se você quiser ter pernas fortes o que terá que fazer?


- Caminhar!


- Exatamente. E se quiser ter um coração forte, o que precisará fazer?


- Amar! A mim mesma?